São Paulo F.C



Cícero: o braço direito de Emerson Leão

Com moral, camisa 16 aproveita versatilidade e vira arma para o treinador tricolor

9156.JPG

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Lateral-esquerdo, segundo volante, terceiro homem de meio, meia e centroavante. Com Cícero não tem tempo ruim. E a versatilidade do camisa 16 encantou o técnico Emerson Leão, que o vê como um homem de confiança da equipe do São Paulo.

"Dentro da improvisação, ele foi maravilhosamente bem", definiu o técnico são-paulino logo após o empate diante do Bragantino em 3 a 3, na última quarta-feira. No duelo, Cícero atuou como referência no ataque tricolor e fez dois gols, sendo um dos destaques do jogo.

Feliz com o bom momento no clube, o são-paulino enaltece este lado versátil. Ele reconhece que prefere jogar como volante, mas se coloca à disposição de Leão.

"Sempre fui versátil. Pelos clubes que passei, os treinadores sempre me usaram nas posições que precisavam mais. Procuro fazer meu trabalho da melhor maneira possível. Tenho minhas preferências, até pensando em Seleção, mas também gosto de jogar como atacante. Você fica mais perto da área, perto do gol", disse Cícero.

"É importante para o jogador ter essa confiança do técnico. Tenho de mostrar que sou capaz. Sei que não posso me empolgar e tenho de manter o foco não só para o resto da temporada, mas também para a vida", completou o camisa 16.

Cícero foi titular em todas as nove partidas do Tricolor no Campeonato Paulista. Com três gols, ele empata com Lucas na vice-artilharia do time em 2012. Willian José lidera com sete. No próximo domingo, diante do Palmeiras, o jogador espera brilhar mais uma vez com a camisa são-paulina.